top of page

Aos 60 anos do golpe civil-militar no Brasil (1964-2024)

80'

Flyer  Facebook Piasaje   Da vida bruta     Espaço Itaú de Cinema.jpg

Sinopse: É a história de vida, de luta e de resistência de Rita Sipahi, uma mulher brasileira

que na época da ditadura civil-militar (1964-1985) formou parte de diferentes

organizações revolucionários para resistir ao período mais repressivo e violento que viveu o Brasil.

É mostrar a mulher brasileira militante, corajosa e comprometida com as reformas, para um Brasil mais justo.

Laureles FICiP2023 plataFondoNegro.jpg
Premio LASA 2024.jpg
Rita e Eu.jpg

Rita Sipahi e Roberto Fernández

Espaço Itaú de Cinema

Beatriz Rita Camila Paulo e eu.jpg

Maria Beatriz Vannuchi, Roberto Fernández, Rita Sipahi, Camila Sipahi Pires e Paulo Vannuchi 

Espaço Itaú de Cinema

Rita e Maria Rita.jpg

Maria Rita Kehl

Espaço Itaú de Cinema

Platea com Tela.jpg
Todos na frente MB.jpg

Camila Sipahi Pires, Rita Sipahi, Maria Beatriz Vannuchi, Roberto Fernández, e Vera Lúcia Vieira

Espaço Itaú de Cinema

Escola F Fernandes.jpg

Exibição na Escola Nacional Florestan Fernandes

24 de abril de 2024

Bairro Parateí, Guararema - SP

IMG-20240424-WA0013.jpg
IMG-20240424-WA0014.jpg
IMG-20240424-WA0020.jpg

Participação da Rita Sipahi com o pessoal da Escola Nacional Florestan Fernandes. 40 anos de luta do MST (1984-2024)

Entrega de presentes e escultura que marcam o trabalho, o caminho de luta,

realizado pelo MST nesses 40 anos (1984-2024)

Da vida bruta, faz parte da série documental “Segundo elas: a Resistência”.
A ditadura civil-militar (1964-1985) no Olhar das Mulheres.

Trailer

bottom of page